Porto Velho (RO) domingo, 27 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Ariquemes continua firme no combate a dengue


  
A Prefeitura de Ariquemes por meio da Secretaria de Saúde e da Funasa, está intensificando os trabalhos de combate a dengue, com o fumaçê passando em todos os bairros, além dos agentes da Funasa que estão visitando todas as casas identificando onde existe foco do mosquito transmissor da doença. 

Em 2009, Ariquemes enfrentou uma epidemia de dengue e um grande trabalho foi realizado para conter a doença. Uma verdadeira força tarefa para conscientizar a população de que é preciso eliminar todos os criadouros do mosquito. Todo o trabalho feito no ano passado está refletindo de forma positiva agora no inicio do período das chuvas. Hoje, a quantidade de casos confirmados e suspeitos é bem menor que o ano passado. Em 2009 foram 1.410 casos suspeito e 576 casos confirmados de dengue clássica. 

Graças ao trabalho intensivo realizado pela Prefeitura de Ariquemes a possível epidemia de dengue que alarmou a cidade no último ano, está totalmente descartada. Para obter estes resultados positivos, mais de 70 agentes comunitários de saúde estiveram visitando casa a casa, em todos os bairros do município, dando atenção especial aos setores com casos confirmados da doença. 

O trabalho compreendeu desde o acompanhamento, ajuda na limpeza dos quintais até a conscientização da comunidade. A participação da população contribuiu com certeza para que a epidemia não se confirmasse.
Segundo a coordenadora de Epidemiologia da Semsau, Geris Leite, a população não deve perder tempo. "Ao perceber qualquer sintoma o paciente deve imediatamente procurar uma das Unidades Básicas de Saúde". 

Os sintomas da dengue são semelhantes à de outras doenças, por isso, Geris alerta para essa possibilidade, uma doença que também pode levar a óbito e frequentemente é confundida com a dengue é leptospirose. Portanto, confundir uma doença com a outra é bem freqüente, como foi o caso de dois óbitos ano passado, aonde ao chegar o resultado dos exames, foi confirmado positivo para leptospirose. Os dois casos foram da região do Vale do Jamari, um de Machadinho e o outro de Buritis. 

Um alerta feito pelos agentes da Funasa é quanto as fossas, hoje os mosquitos também se proliferam em águas contaminadas. Segundo Jatobá, da Funasa, todo o trabalho de campo está sendo feito, mas a participação da população é fundamental no combate ao mosquito da dengue. 

O vice-prefeito Marcio Raposo, acompanhando a fiscalização dos agentes da Funasa, lembra a população que em cada local que for encontrado focos do mosquito, será feito uma notificação e dado um prazo para que seja eliminado todos os criadouros, e que caso o responsável não tome as devidas providencias para eliminar os focos, ao final do prazo estabelecido, será aplicado uma multa. 

Os locais onde os agentes encontrarem focos do mosquito poderá ser multado. Marcio Raposo esclarece que a intenção não é aplicar essas multas e sim fazer com que todos cuidem de seus quintais, já que os maiores responsáveis pela proliferação do mosquito é toda a comunidade. 

Macio informa que é melhor prevenir do que ter que pagar a multa, ele lembra que as residências, os terrenos baldios, comércios e indústrias terão valores diferentes nas multas. 

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam