Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

APAE abre semana do portador de deficiência



A APAE de Buritis abriu na última sexta-feira, dia 21 de agosto a Semana do Portador de Deficiência. O evento foi realizado na praça central da cidade e contou com a presença dos estudantes de todas as escolas da cidade. A abertura do evento foi feita com a participação de professores e alunos da entidade, que começaram cantando os hinos Nacional, de Rondônia e de Buritis.

Após a abertura feita pela diretora da escola da entidade, a professora Lucinete Dias Ferraz Souza, a professora Gelsa Rela leu o histórico da entidade, contando das dificuldades que a entidade passou para manter a sua escola nos seus primeiros anos, assim como elogiou e agradeceu os patrocinadores das ações da entidade, que hoje conta com 68 alunos de várias idades.

Segundo informou a diretora a Semana do Portador de Deficiência é comemorada todo ano e o evento tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o problema da pessoa e principalmente da criança portadora de deficiência, no combate as diversas formas de preconceitos e pela inclusão dessas pessoas na sociedade.

A diretora falou também que a Semana do Portador de Deficiência será de intensa atividade e se encerrará na próxima sexta-feira com uma carreata pelas principais ruas da cidade.

Falando a respeito da entidade, o secretário municipal de educação, cultura e esporte, professor Mauro Bemício, disse que a Escola Sonho Meu, da APAE de Buritis é hoje praticamente municipalizada, pois para acabar com as dificuldades que a APAE passava para manter a escola o prefeito Volpi autorizou a  SEMECE que assumisse  aquela escola, constituindo fato único no estado: uma escola da APAE que é mantida quase que inteiramente pela Prefeitura: São nove professores, seis funcionários administrativos e de apoio como vigia, zeladoras, merendeiras, agente administrativos, um auxiliar de motorista, um professor de educação física, uma fisioterapeuta, perfazendo 16 funcionários municipais à disposição daquela entidade. Até a diretora, que é funcionária estadual, está lá através de permuta com o Estado, ou seja: o município teve que ceder para o Estado outra professora municipal para que o Governo do Estado à liberasse para a APAE.

A prefeitura ainda mantém um repasse de R$31.800,00 anuais para manutenção da escola e outro de  R$73.750,00 anuais para a manutenção do aluguel de um ônibus escolar, além de a tê-la incluído no Programa Municipal de Alimentação Escolar, para que a mesma receba alimentação escolar de qualidade.

A prefeitura Ainda repassa materiais didático-pedagógicos, móveis escolares, etc.  Além disso, a prefeitura fornece passagens e diárias para seus professores e técnicos irem fazer cursos de capacitação fora do município.

Segundo o prefeito José Alfredo Volpi, ele espera que este compromisso com a APAE deva ser assumido por qualquer administrador público que venha a ocupar a Prefeitura, pois a maior parte das crianças e jovens portadores de deficiência são filhos de famílias de baixa renda e que de outra forma eles não teriam acesso à educação.

De acordo com o prefeito, apesar desses tempos de individualismos neoliberais e da valorização do Estado mínimo, há determinadas coisas na sociedade que terão que ser necessariamente sempre da obrigação dos poderes públicos, finalizou o prefeito.

Fonte: Arnaldo da Silva

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam