Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Amorim pede pressa na regularização de garimpos


O deputado federal Ernandes Amorim (PTB) solicita amanhã (30), ao ministro das Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, uma audiência conjunta dos Ministérios das Minas e Energia, Meio Ambiente, Desenvolvimento Agrário, Justiça, Departamento Nacional de Produção  Mineral (DNPM) e Congresso Nacional, para regularizar as áreas de garimpo no país, inclusive em terras indígenas.

A solicitação será encaminhada pela Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, da qual Amorim faz parte.

A minuta de um projeto que regulariza as áreas de garimpo em terras indígenas, lembra o deputado, já foi autorizada pelo presidente Luís Inácio Lula e só falta sua regularização. “Essa audiência conjunta terá o objetivo de ver, em cada pasta, o que se pode fazer para regularizar em lei essa atividade. Dessa forma vamos por fim a esse esbulho que ocorre, principalmente em Rondônia, acabar com prisões de trabalhadores garimpeiros, mortes, chacinas, contrabando de nossas riquezas que tanto prejudicam o Estado, o País, os garimpeiros, índios e toda nossa gente”, afirma Amorim.

O deputado reclama da lentidão do processo que se arrasta há anos, mas que o presidente Lula demonstrou interesse em resolver o problema. “Até para evitar despesas com tantas operações nas áreas, tanto na reserva Roosevelt onde a qualquer momento pode haver novos conflitos, quanto em outras áreas como no rio Madeira. Por isso, estamos recorrendo a todos esses Ministérios, para que nos ajudem a cumprir um compromisso social do próprio presidente”. afirma.

Celeridade
Amorim acredita na boa vontade política do presidente Lula e seus ministros e exemplifica que, recentemente, o DNPM disponibilizou uma área de sete mil hectares para atender 43 frentes de garimpeiros em Campo Novo, na grande Ariquemes, na extração de cassiterita, e outro lote já está em processo para cessão a outras frentes de garimpeiros organizados em cooperativas. “Com essa medida apenas, foram criadas condições de trabalho para muitos, o respeito por estarem dentro da legalidade e, também gerando riquezas e renda para o município, mais de meio milhão mensal, segundo estimativa do próprio DNPM”, afirma o parlamentar.

Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce