Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Viúva iraniana acusada de adultério deve ser enforcada, e não apedrejada


 
Renata Giraldi
 Agência Brasil

Brasília – Acusada de adultério e assassinato do marido, a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, de 43 anos e mãe de dois filhos, deve ser morta por enforcamento. A sentença anterior era de morte por apedrejamento, que foi suspensa porque caber apenas nos casos exclusivos de traição. A decisão foi anunciada pelo procurador-geral nacional do Irã, Gholam-Hossein Mohseni-Ejei, em entrevista coletiva.

A entrevista de Ejei foi publicada nos sites em inglês das agências Tabnek e Mehr. A imprensa estatal iraniana não se pronunciou.

De acordo com as agências iranianas, Mohseni-Ejei afirmou que, para a Procuradoria-Geral Nacional, Sakineh é culpada pela morte do marido, pois foi a primeira pessoa a avisar sobre o assassinato. Ejei não mencionou, entretanto, o crime de adultério – as autoridades afirmam que Sakineh manteve relações sexuais com dois homens depois que ficou viúva, o que é proibido no Irã. Ela nega as acusações.

A condenação de Sakineh à morte por apedrejamento provocou reações e críticas no mundo inteiro, gerando campanhas de líderes e de organizações não governamentais contra a sentença. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa da viúva e ofereceu o Brasil como destino para ela morar. A oferta de Lula foi recusada pelo governo iraniano.

Pela Justiça do Irã, a viúva é acusada de participação na morte do marido e de manter relações sexuais com dois homens. Em 29 de agosto, o Escritório dos Direitos Humanos do Poder Judiciário iraniano informou, em comunicado, que a sentença de morte de Sakineh estava encerrada, mas ainda havia um ação pendente no Departamento de Direitos Humanos.

No último dia 8, as autoridades iranianas anunciaram a suspensão por tempo indeterminado do cumprimento da sentença de Sakineh.


 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe