Porto Velho (RO) domingo, 14 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Vinda do papa Francisco é destaque na imprensa internacional


 

Gente de Opinião

Thais Leitão
Agência Brasil

Brasília – A vinda do papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude é destaque, nesta segunda-feira (22), em veículos da imprensa internacional. O pontífice deve chegar ao Rio de Janeiro, local escolhido para sediar o evento, hoje à tarde. A jornada começa amanhã (23) e vai até o próximo domingo (28).

A agência de notícias argentina Telam informou que "milhares de jovens" portenhos participarão do encontro no Rio. Eles partiram da capital Buenos Aires "com bandeiras argentinas, chimarrões e violões para amenizar as longas horas de viagem". A agência pública também informa que parte do grupo deve participar de um encontro com jovens de favelas brasileiras.

Já a agência portuguesa Lusa ressalta que o papa chega ao Brasil em um momento "em que as manifestações no maior país católico do mundo preocupam as autoridades nacionais", referindo-se aos recentes protestos no país, quando a população foi às ruas cobrar, principalmente, maior rigor no combate à corrupção e melhorias nos serviços públicos. A Lusa destaca ainda que a jornada ocorre em um período de "forte declínio no número de católicos no país" e informa que até domingo, o papa vai presidir várias celebrações, entre as quais uma missa campal que deve contar com 1,5 milhão de pessoas, vindas de todo o mundo.

Na BBC Brasil, o destaque foi a "dupla missão" que o pontífice terá pela frente: tentar conter o crescimento das denominações evangélicas pentecostais e arrebanhar fiéis afastados da Igreja Católica que, em número cada vez maior, se declaram "sem religião". Segundo a agência, a tarefa é especialmente desafiadora no Rio de Janeiro, já que "a cidade, que apresenta uma das menores proporções de católicos entre as capitais brasileiras, reflete, em maior grau, a crise por que passa o catolicismo no país".  

Em sua conta na rede social Twitter (@pontifex), o papa expressou hoje a alegria por viajar ao Rio de Janeiro para participar da jornada. "Chego ao Rio daqui a algumas horas e meu coração está cheio de alegria porque em pouco tempo estarei com vocês para celebrar a 28ª JMJ", disse.

De acordo com autoridades, são esperados 800 mil turistas para a jornada, considerado o maior encontro internacional de jovens católicos.  O ápice do evento deve ser a encenação da Via Sacra, na orla de Copacabana, na sexta-feira (26), e a missa de encerramento do evento em Guaratiba, no domingo (28). São esperadas mais de 1,5 milhão de pessoas nos eventos com o papa. A agenda do pontífice no país inclui ainda visita a comunidade pobre no Rio e ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo.

Mais de 20 mil agentes e militares vão trabalhar na defesa e na segurança pública, durante o evento, sendo que 40 homens da Polícia Federal acompanharão Francisco em todos os compromissos no Brasil. Do total de militares, cerca de 7 mil homens do Exército farão a segurança em Guaratiba, na zona oeste. No Campo da Fé (Campus Fidei), os militares não vão carregar nenhum tipo de arma, mas podem abordar e retirar quem se comportar de maneira ofensiva.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe