Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Via Sacra refletirá sobre dramas vividos pelas famílias


Um filho que aceita o mais desumano dos suplícios por amor a uma humanidade que não o acolheu. Um pai misericordioso presente no momento de máxima dor. Uma mãe que assiste a uma tragédia que se consuma diante dela e dentro dela. Se olharmos bem, o drama do Calvário é o drama de uma família.

Com os olhos e o coração de uma família, as reflexões da Via Sacra no Coliseu, em Roma, serão conduzidas nesta sexta-feira, 6, pelo casal Danilo e Anna Maria Zanzucchi, escolhidos pelo Papa Bento XVI. O casal têm 60 anos de matrimônio, cinco filhos e é membro do Movimento dos Focolares, um dos primeiros colaboradores de João Paulo II na formação do Pontifício Conselho para a Família.

Danilo Zanzucchi destaca que a história de Jesus é também a história de uma família, porém, Ele também era Deus. "Como família, nós seguimos esse percurso de Jesus como se fosse de um filho nosso, porém Filho de Deus. Assim, com um respeito e também temor, porque este sofrimento que Ele viveu, que é o máximo que uma criatura pode suportar, tinha um significado de redenção, de amor profundo. E este para nós como casal é um grande sinal: quer dizer que o amor chegou a sua maior expressão”, explicou.

A Paixão e morte de Jesus é um drama de muito amor e redenção. “Quantas são as quedas nas nossas famílias”, escreve o casal nas meditações. “Quantas separações e sofrimentos”. Nesses momentos é precioso rezar e pedir: “Jesus, ajuda-nos a entender o que é o amor, ensina-nos a pedir perdão”.

Anna Maria recorda que é quase impossível encontrar uma família no mundo que não sofra, porque o sofrimento é próprio da natureza humana. "O relacionamento entre pais e filhos, o relacionamento conjugal, são todos relacionamentos construídos no dia-a-dia. E não são fáceis. Precisaria viver aquilo que viveu Jesus, isto é, ser um pouco vazio de si, deixando um pouquinho de si, de modo a poder amar e viver pelo outro”, destaca.

Segundo o casal, embora a família, como instituição, continue sendo atacada em muitas partes das sociedade, existem sinais de uma revalorização do papel familiar. E o que eles pretendem transmitir às famílias é a possibilidade de viver em comunhão com o amor de Deus. "É a experiência mais forte, mais doce, mais potente que uma pessoa pode fazer”, enfatizaram.


Fonte: Canção Nova
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe