Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Vendas de veículos chineses serão 10% do total mundial deste ano


Agência O GloboPEQUIM - As vendas de automóveis chineses chegarão a 7 milhões de unidades este ano, o que representa 10% do total de vendas no mundo, informou a agência de notícias oficial da China "Xinhua".Segundo as previsões do Centro de Informação Estatal da China, o número de veículos chineses vendidos alcançará os 10 milhões de unidades em 2010 e duplicará em 2020, superando os Estados Unidos como o maior mercado de venda de veículos novos.O centro calcula que cada vez mais a classe média chinesa poderá ter um automóvel nos próximos anos, graças ao aumento da renda e à queda dos preços no setor.Desde que a China entrou na Organização Mundial do Comércio (OMC) em 2001, a demanda dos consumidores chineses de utilitários cresceu cerca de 37,5% ao ano.Este ano, a venda de utilitários chegará a 4 milhões de unidades, frente às 800 mil vendidas em 2001.O número aumentou para 3,24 milhões em 2002, o que transformou a China no quarto mercado mundial de automóveis, avançando uma posição em 2004.A China superará este ano o Japão como segundo maior mercado de vendas de veículos no mundo.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Alemanha, França e Itália condenam ex-ministros por irregularidades

Na história recente da Europa, há uma série de casos de corrupção envolvendo políticos que resultaram em condenações e prisões.

Papa: as ditaduras começam com a comunicação caluniosa

Papa: as ditaduras começam com a comunicação caluniosa

"As ditaduras, todas, começaram assim, adulterando a comunicação, para colocar a comunicação nas mãos de uma pessoa sem escrúpulo, de um governo sem e

Breno Altman: Coreia do Norte colocou os Estados Unidos de joelhos

Breno Altman: Coreia do Norte colocou os Estados Unidos de joelhos

O jornalista Breno Altman avalia o encontro do presidente dos Estados Unidos Donald Trump com o líder da Coreia do Norte Kim Jong-um; "A Coreia do Nor

Portugal aprova uso da maconha para fins medicinais

O parlamento português aprovou hoje (15) o uso da maconha (cannabis) com finalidade medicinal. O cultivo para uso próprio fica proibido.