Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

União Africana faz reunião extraordinária para discutir cerco a Khadafi na Líbia



Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília – Extraordinariamente, o Conselho da Paz e Segurança da União Africana faz hoje (22) uma reunião para discutir o cerco da oposição ao quartel-general do presidente da Líbia, Muammar Khadafi, em Trípoli. Há especulações de que Khadafi pretenda deixar a Líbia e pedir refúgio em um país vizinho. A África do Sul negou a possibilidade de conceder refúgio ao líder líbio.

O porta-voz da Comissão da União Africana, Noureddine Mezni, disse que o objetivo da reunião é buscar uma solução pacífica que encerre o impasse na região. “Apenas uma solução pacífica permitirá responder completamente às aspirações legítimas do povo líbio em relação à democracia, à boa governação, ao Estado de Direito e à promoção de uma paz duradoura no país”, diz o comunicado.

Embates violentos são registrados hoje em Trípoli na área que cerca o quartel-general de Khadafi. O Conselho da Paz e Segurança da União Africana é presidido pela Mauritânia e reúne os presidentes do Congo-Brazzaville, de Mali, da África do Sul e de Uganda.

Por meio de uma nota oficial, o governo da África do Sul apela para que as autoridades líbias busquem o diálogo. “[O governo sul-africano] exorta a autoridade interina em Trípoli a instituir imediatamente um diálogo político inclusivo destinado a construir uma solução política que reflita a vontade do povo líbio”.

Para o governo da África do Sul, o governo transitório da Líbia tem a “responsabilidade imediata” de consolidar a unidade nacional e a reconciliação, restaurando a ordem pública, reconstruindo a infraestrutura e reavivando a economia.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia