Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Ucrânia descarta implantação de base militar dos EUA



Da Agência Sputinik Brasil

A implantação de uma base militar dos Estados Unidos na Ucrânia esta em contradição com a legislação do país, disse hoje (4) o ministro da Defesa ucraniano, Stepan Poltorak, à imprensa local.

Enquanto os militares norte-americanos e ucranianas trabalham em cooperação uns com os outros, a questão do estabelecimento de uma base dos EUA no país nem sequer foi considerada, acrescentou o ministro.

"Este assunto não é considerado. A legislação ucraniana não permite tal opção. A cooperação estreita entre as nossas forças armadas nos permite trocar as experiências”, disse Poltorak, citado pela agência RIA Novosti.

O ministro também disse que aguarda a criação, em breve, de uma brigada conjunta, composta por representantes ucranianos, poloneses e lituanos, o que permitiria à Ucrânia adotar os padrões da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

Em 2015, o parlamento ucraniano adoptou a nova legislação que permite aos cidadãos estrangeiros servirem nas forças armadas do país com base em contrato. A lei estabelece também que os estrangeiros e os apátridas podem se tornar oficiais das Forças Armadas da Ucrânia após a obtenção da cidadania do país.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia