Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Turquia: mais um dia de manifestações


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, alvo de protestos nos últimos dias, foi recebido hoje (7) por simpatizantes ao retornar para Ancara, capital turca, de uma viagem ao Magrebe (África). Os simpatizantes prometeram fidelidade e apoio a Erdogan no mesmo momento que manifestantes protestavam na Praça Taksim, no cento de Ancara, defendendo a renúncia do primeiro-ministro.

Na viagem ao Magrebe, Erdogan reiterou que não vai ceder à pressão dos manifestantes que pedem o fim de seu governo. O primeiro-ministro é chamado de autoritário pelos manifestantes. A sociedade turca se orgulha de o Estado ser laico, apesar de mais de 90% da população seguirem a religião muçulmana.

Ao chegar à Turquia, Erdogan disse que “as manifestações que levaram ao vandalismo devem terminar de imediato”. Segundo ele, os manifestantes foram incitados por “jornalistas, artistas e políticos”. Para ele, houve vários crimes que devem ser atribuídos aos manifestantes, como furtos, destruição de propriedades públicas e queima da bandeira turca.

As manifestações começaram no último dia 31, em protesto ao governo turco e em decorrência da evacuação de uma área ocupada em Istambul. Os protestos foram reprimidos pelas forças policiais, deixando pelo menos três mortos e mais de 4 mil feridos.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia