Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Tremor de terra no Japão deixa pelo menos 11 feridos


*Da Agência Brasil

Um terremoto de magnitude 6,2 na escala Richter, registrado na madrugada de hoje (5) no Japão, deixou pelo menos 11 feridos e fez tremer edifícios no centro de Tóquio, não havendo risco de tsunami, segundo informou a Agência Nacional de Meteorologia. "Foi um sismo muito profundo, do tipo que normalmente não gera réplicas", informou, em entrevista, um sismólogo da agência meteorológica. Ele alertou, no entanto, como medida de precaução, para o risco de pequenos tremores nas próximas horas.

O tremor de terra foi sentido às 5h18 (hora local), com epicentro em Izu Oshima, ao sul da capital, e profundidade de 160 quilômetros. O centro norte-americano de observação de sismos avaliou a magnitude do abalo em 5,8.

O tremor de terra foi mais sentido no centro de Tóquio, onde se encontram os ministérios e outros edifícios da administração pública, de acordo com a agência nacional. Para a obtenção mais rápida de informações sobre os danos, foi aberto um gabinete de crise, em poucos minutos, em instalações do gabinete do primeiro-ministro, Shinzo Abe, que está atualmente em visita à Europa.

Segundo a emissora pública de televisão NHK, não há registro de feridos. Os serviços ferroviários foram suspensos, mas o movimento permanece normal no aeroporto de Tóquio-Haneda.

A companhia de eletricidade Tokyo Electric Power informou que nenhuma alteração foi registrada na Central Nuclear de Fukushima, a nordeste de Tóquio, e, de acordo com a NHK, também não há problemas em outras instalações nucleares.

*Com informações da Agência Lusa

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia