Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Temer começa hoje visita a Israel e à Palestina


Danilo Macedo e Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – O vice-presidente Michel Temer começa hoje (17) visita de uma semana a Israel e à Palestina. Os conflitos entre israelenses e palestinos, para as autoridades brasileiras, dominam as preocupações envolvendo o Oriente Médio e a busca pela paz na região. Temer tem reuniões com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e o presidente de Israel, Shimon Peres, além do presidente do Parlamento Israelense, Yuli-Yoel Edelstein, e parlamentares palestinos.

Michel Temer viaja acompanhado pelo presidente do Hospital Israelita Albert Einstein, Cláudio Luiz Lottenberg, o presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileiro, Salim Taufic Schahin, e o pastor Everaldo Pereira, representante da Assembleia de Deus. Na visita, o vice-presidente vai inaugurar o Centro Cultural Brasileiro, em Tel Aviv.

Também está prevista visita ao Museu do Holocausto, em Jerusalém. O local busca manter viva a memória de 6 milhões de judeus mortos durante a 2ª Guerra Mundial pelos nazistas. No museu, há fotografias e histórias pessoais das vítimas, assim como objetos. Nas galerias, que se dividem por temas, é possível analisar o Holocausto a partir do surgimento do nazismo, dos campos de concentração, da resistência e da liberação dos judeus.

Temer também participa das comemorações do aniversário de 90 anos do presidente de Israel, Shimon Peres, em Jerusalém, e visita o Centro Poliesportivo financiado pelo Fundo Ibas (Índia, Brasil e África do Sul). No último dia da viagem (21), o vice-presidente irá à escola do Campo de Refugiados de Aida. O Brasil doou US$ 10 milhões para ajuda humanitária aos refugiados palestinos.

A assessoria de imprensa de Temer informou que a visita faz parte da estratégia de aproximação com o Oriente Médio. O vice-presidente costuma receber diplomatas e representantes de vários governos da região,como enviados do Líbano, em novembro de 2011, do Catar, em dezembro de 2011, da Turquia, em maio de 2012, e de Omã, em abril de 2013.

A presidenta Dilma Rousseff e o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, nas participações públicas que se referem à questão do Oriente Médio, defendem a busca por uma solução negociada de paz entre palestinos e israelenses. O governo brasileiro é favorável ao Estado independente e autônomo da Palestina.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe