Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

SAÍDA PARA O PACÍFICO: Miguel de Souza comemora a inauguração da estrada que liga RO ao Pacífico


SAÍDA PARA O PACÍFICO: Miguel de Souza comemora a inauguração da estrada que liga RO ao Pacífico - Gente de Opinião
“A tão sonhada saída para o Pacífico finalmente foi oficializada na última sexta-feira (15), com a inauguração da ponte Continental, no rio Madre de Dios, completando assim a estrada Interoceânica Sul. Bem aproveitada, essa rodovia pode significar a redenção do oeste brasileiro garantindo desenvolvimento a esta região produtora que antes era considerada fim de mundo”, comenta emocionado o ex-deputado federal, Miguel de Souza, grande idealizador e defensor da ligação terrestre entre Rondônia aos mercados andinos.

A ponte inaugurada pelo presidente Alan Garcia, mede 723 metros de comprimento e liga dois trechos da Interoceânica em território peruano que estavam separados pelo rio Madre de Dios, que cruza Puerto Maldonado. A estrada conta com 2.400 quilômetros, partindo de Rio Branco (AC), e é a primeira de quatro vias terrestres que buscam unir o Atlântico brasileiro aos portos do Pacífico no Chile e no Peru. A estrada iniciada em 2004 liga as regiões do sul do Peru aos estados brasileiros do Acre e de Rondônia.

Para Miguel de Souza, que teve a coragem de organizar a primeira caravana ao Pacífico no início dos anos 90 (uma verdadeira epopéia de um grupo que desbravou os Andes), na época em que era presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero). Ver essa estrada finalmente pronta é mais que a realização da um sonho, é a certeza de que vale a pena lutar, planejar e defender os ideais, mesmo que eles sejam desacreditados pela maioria.

Chamado de louco por muitos, pessoas que diziam ser impossível essa ligação, Miguel de Souza lembra que durante anos, em encontros, palestras, quando deputado federal e vice-governador, sempre alertou a classe produtiva de Rondônia para se preparar para este potencial mercado. “Só o Peru tem um mercado consumidor de mais de 28 milhões de pessoas. A carne chega congelada da Argentina e nós temos condição de fornecer uma carne fresca e com qualidade. Para isso é preciso rever as questões alfandegárias, estimular o cooperativismo e fomentar os pequenos através de micro-créditos, para produzir e vender”, relembra Miguel de Souza.

Aproveitando esse momento da inauguração da rodovia, Miguel de Souza chama mais uma vez a atenção das classes produtivas, governo e políticos do Estado para não deixar essa grande oportunidade passar. “Além de comprar os produtos produzidos nos Andes a preços mais acessíveis a exemplo, do azeite, uvas, vinhos, fosfato e sal mineral, podemos fazer dessa estrada um verdadeiro intercâmbio cultural, social e econômico. Basta planejar e ter boa vontade para executar os projetos!”.

Fonte: Cristina Barros
 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe