Porto Velho (RO) terça-feira, 31 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Risco soberano da Espanha atinge alta taxa


 
Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília - O risco da dívida espanhola atingiu, no meio da tarde de hoje (14), 429,6 pontos-base, o nível mais alto desde a criação da moeda única europeia, com a rentabilidade dos títulos com prazo de dez anos superando 6% ao ano. O aumento da diferença ante os títulos alemães ocorreu tanto pelo aumento do risco da dívida espanhola como pela queda do rendimento dos papéis alemães de dez anos, que pagam 1,798%.

Analistas atribuem o aumento à situação na Grécia e na Itália, mas, também, às incertezas sobre as eleições de domingo na Espanha. Apesar da expectativa de vitória do Partido Popular, são desconhecidos os detalhes da futura política econômica.

O fato de estarem previstas para esta semana emissões para rolagem das dívidas da Espanha, Itália e França ajuda, segundo os analistas, a aumentar o risco da dívida espanhola.

Só durante o dia de hoje, o risco da dívida cresceu 35 pontos-base, depois de ter aberto nos 394 pontos, repetindo a tendência do que ocorre com o risco de França, Itália e Grécia. São más noticias para o Tesouro Público espanhol que, esta semana, espera colocar 7,5 bilhões milhões de euros em duas operações, na terça-feira (15) e na quinta-feira (17).

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia