Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Revolta na Líbia: cadáveres estão espalhados pelas ruas



Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília – A semana começou em clima de guerra em Trípoli, capital da Líbia. Há cadáveres espalhados por várias ruas da cidade e os tiroteios não cessam, segundo relatos. No centro da capital, vários edifícios públicos foram incendiados hoje (21) , inclusive o Parlamento. Os manifestantes contrários ao governo do presidente da Líbia, Muammar Kadhafi, não demonstram intimidação mesmo com a forte presença policial .

Os tiros foram ouvidos no bairro de Ben Achur, um dos mais caros de Trípoli. Segundo testemunhas, faltou luz e o som dos tiros predominava. Em outra zona residencial, a cerca de 9 quilômetros do centro de Trípoli, foram ouvidos tiros de artilharia pesada. Nessa área vários integrantes do governo têm casas.

Na Avenida Gargares, a principal do centro de Trípoli, os tiros também são ouvidos de forma constante, o mesmo ocorre no bairro de Garabuli, também no centro da capital. Um trabalhador de uma empresa petrolífera disse ter visto a caminho do aeroporto cadáveres abandonados nas ruas. A mesma informação foi confirmada por outros moradores da área.

Há ainda informações de que aviões e helicópteros bombardearam hoje manifestantes em várias zonas da capital líbia. No aeroporto de Trípoli, estrangeiros e líbios tentam conseguir voos para sair do país.

Ao mesmo tempo, vários dos imãs (sacerdotes muçulmanos) das mesquitas do país recomendam que a população saia às ruas e lute contra o regime. A organização não governamental Federação Internacional das Ligas de Direitos Humanos (FIDH) informou que desde o começo dos protestos, no último dia 15, morreram entre 300 e 400 pessoas.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia