Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Remoção do navio Costa Concórdia começará em maio


Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília – A empresa dona do navio de cruzeiro Costa Concordia, que encalhou em um rochedo perto da ilha italiana de Giglio, em janeiro, anunciou hoje (21) que os trabalhos para retirar o navio vão começar em maio e devem levar um ano para serem concluídos.

Em nota, a Costa Cruzeiros anunciou que a empresa norte-americana Titan Salvage ganhou o contrato para remover o navio do rochedo onde se encontra encalhado. O plano prevê a retirada de apenas uma parte da embarcação que, em seguida, será transportada para um porto italiano. No fim de março, foi concluída a retirada do combustível do navio e a empresa disse que a proteção do ambiente será uma prioridade máxima durante a remoção do navio.

O Costa Concordia encalhou em um rochedo na ilha italiana de Giglio em 13 de janeiro, quando o capitão fez uma manobra não autorizada de aproximação à ilha, chegando muito perto da costa. Trinta e dois passageiros e tripulantes morreram e duas pessoas continuam desaparecidas.
 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe