Porto Velho (RO) terça-feira, 31 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Raupp defende construção de ponte entre Brasil e Bolívia


 
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), que em outubro passado foi reeleito para mais oito anos de mandato, voltou a defender a construção da ponte binacional entre Brasil e Bolívia. Ele disse que na semana passada visitou as cidades de Guajará-Mirim, em Rondônia, e Guayaramerin, na Bolívia. Também participaram da visita o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e a deputada federal Maurinha Raupp (PMDB-RO), esposa de Valdir Raupp.

No Plenário nesta sexta (17), Raupp afirmou que "a construção da ponte, em conjunto com a modernização e a recuperação das rodovias federais no estado, vai, certamente, impulsionar significativamente a economia rondoniense, facilitando os transportes e eliminando custos importantes que diminuem a competitividade".

O senador lembrou que Guajará-Mirim e Guayaramerin "são cidades gêmeas separadas pelo rio Mamoré" (sobre o qual será construída a ponte).

- A ponte ligará Brasil e Bolívia por essas duas cidades, aproximando o nosso país do Oceano Pacífico - declarou ele, enfatizando que isso pode beneficiar o escoamento das exportações brasileiras.

Raupp contou que "houve algum atraso no início da licitação desse empreendimento, o que sempre gera algum grau de ansiedade e de frustração". Mas ele reiterou sua "esperança de que, em breve, as respectivas licitação e a contratação estarão encerradas, permitindo o início das obras".

O senador citou ainda obras - que envolvem rodovias e usinas hidrelétricas - que estão em andamento ou em discussão e que, segundo ele, podem beneficiar não apenas Rondônia, mas todo o país.


Fonte: Agência Senado

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia