Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Putin assume pela terceira vez a Presidência da Rússia


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – Eleito para o terceiro mandato, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, de 59 anos, prestou hoje (7) juramento sobre a Constituição russa ao assumir o cargo por mais quatro anos. Até ontem, Putin era o primeiro-ministro do governo Dmitri Medvedev. Segundo analistas políticos, ele manteve o poder político nesse período.

"Eu juro, como presidente da Federação da Rússia, respeitar os direitos e liberdades do povo e do cidadão", disse Putim, em cerimônia no Kremlin. Com a mão direita sobre a Constituição, ele prestou juramento na presença de 3 mil convidados.

O antecessor de Putin, Medvedev, disse, em discurso, estar feliz com a posse. "É um homem de experiência e um dirigente forte", acrescentou.

A legislação russa permite apenas dois mandatos consecutivos para o Executivo, por isso Putin deixou o poder. As eleições foram marcadas pela desconfiança sobre a lisura do processo eleitoral. Putin foi eleito em 4 de março com quase 64% dos votos. Ele foi presidente da Rússia por duas vezes, no período de 2000 a 2008.

Putin assume o poder em meio a manifestações públicas que atacam sua eleição e cobram providências do governo para evitar o agravamento dos efeitos da crise econômica internacional. Houve protestos ontem (5) e em dezembro, quando mais de 50 mil pessoas saíram às ruas de várias cidades russas levantando dúvidas sobre a vitória de Putin.

*Com informações da agência pública de informações de Portugal, Lusa//Edição: Graça Adjuto
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia