Porto Velho (RO) domingo, 14 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Primeiro-ministro defende que Brasil e Canadá se unam no G20 para evitar agravamento da crise



Renata Giraldi
 Agência Brasil


Brasília – Em um discurso em francês e inglês, o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, defendeu hoje (8) que canadenses e brasileiros se unam no G20 (grupo formado pelas principais economias do mundo) na tentativa de buscar a estabilidade econômica e retomar o crescimento como resposta à crise financeira mundial. Harper disse ainda que o Canadá e o Brasil conseguiram escapar ao impacto mais intenso dessa crise “graças às bases sólidas” existentes nos dois países.

“O Brasil e Canadá são parceiros e têm vários aspectos comuns, como o respeito à democracia, à diversidade e aos direitos humanos”, disse o primeiro-ministro no comunicado feito com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. “Aceitamos as nossas responsabilidades internacionais e resistimos com êxito à tormenta internacional graças às nossas bases sólidas”, completou.

No comunicado conjunto, Harper e Dilma mencionaram a crise financeira internacional de maneiras distintas. O canadense ressaltou a necessidade de um esforço coletivo para combater os efeitos da crise, enquanto a presidenta destacou a atuação do governo para evitar os impactos e discordou do rebaixamento dos Estados Unidos pela agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P).

Harper ressaltou as parcerias entre o Canadá e o Brasil nos ramos de educação e ciência e tecnologia, além da organização para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Ele também destacou os avanços nos acordos para acelerar o comércio bilateral.

O Canadá é o principal destino de investimentos brasileiros no exterior, registrando estoque acumulado de mais de US$ 21 bilhões e com tendência de aumento dos investimentos produtivos dos canadenses no Brasil. Em 2010, as exportações brasileiras para o Canadá atingiram US$ 2,3 bilhões com maioria de produtos industrializados. O comércio bilateral superou US$ 5 bilhões.

O primeiro-ministro garantiu ainda que, ao lado do Brasil, o Canadá manterá o apoio à reconstrução do Haiti – país que em janeiro de 2010 foi devastado por um terremoto. A situação se agravou ainda mais com uma epidemia de cólera e as dificuldades econômicas existentes na região.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe