Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Presidente da Hyundai Motor é condenado a três anos de prisão


Agência O Globo SEUL - O presidente da Hyundai Motor, Chung Mong-koo, foi condenado neste domingo a três anos de prisão, pelo desvio de fundos para subornar funcionários públicos e transferir de forma ilegal pacotes de ações para afiançar o controle da empresa. A promotoria tinha pedido uma pena de seis anos para Chung, de 68 anos, que se encontra em liberdade sob fiança desde junho de 2006, após ter permanecido dois meses em prisão preventiva. O tribunal assinalou que a criação de fundos ilegais é um ato que afeta a liberdade e a credibilidade da empresa e que este tipo de prática ilegal deve ser enfrentada para "avançar em direção a uma economia desenvolvida". No entanto, o tribunal manteve a condição de liberdade sob fiança e Chung poderá apelar da decisão. A promotoria acusou Chung de utilizar 90 bilhões de wons (US$ 95 milhões) para criar um fundo ilegal, além de causar prejuízos à empresa em um valor de 210 bilhões de wons (US$ 224 milhões). A Hyundai Motor é o segundo grupo industrial sul-coreano, com um ativo superior aos 25 trilhões de wons (US$ 25 bilhões) e mais de 50 mil funcionários. Além disso, a Hundai Motor ocupa o sétimo lugar no mundo na produção de automóveis, com filiais nos Estados Unidos, na Índia, na Turquia e na China.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Portugueses Apostaram cerca de 1 Bilhão de Euros em Cassinos Online no 1º trimestre de 2020

Portugueses Apostaram cerca de 1 Bilhão de Euros em Cassinos Online no 1º trimestre de 2020

Os portugueses chegaram a marca de 1 bilhão de euros em apostas em cassinos online nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020, segundo informaç

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a