Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Preço do petróleo cai diante de avanço de rebeldes na Líbia



Da BBC Brasil

Agência Brasil, Brasília - Em meio à expectativa que o conflito na Líbia esteja chegando ao fim com a chegada dos rebeldes à capital, Trípoli, caiu hoje (22) o preço do petróleo. Na abertura do mercado europeu, o preço do petróleo do tipo Brent caiu 1,7%, para US$ 106,8 o barril, enquanto a cotação do petróleo leve americano permaneceu estável em US$ 82,9.

Os mercados esperam que um desfecho do conflito líbio restaure as exportações de petróleo do país, aumentando o fornecimento global da commodity. A Líbia é o 12º maior exportador de petróleo do mundo.

Analistas dizem que os preços devem cair ainda mais, à medida que os acontecimentos no país deixem mais claro qual será o futuro político. "À medida que o mundo for recebendo a notícia ao acordar, veremos um declínio ainda maior dos preços de petróleo", disse Jonathan Barrat, da Commodity Broking.

O quartel-general do líder da Líbia, Muammar Khadafi, principal centro de resistência, foi cercado por integrantes da oposição. Há informações que três dos sete filhos de Khadafi foram capturados pelos rebeldes. Paralelamente, a comunidade internacional pressiona para que Khadafi abra mão depois de 42 anos no poder.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia