Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Pouso de avião em mata foi possível por sorte


O especialista em aviação Jean Franco Betting avalia que o pouso forçado de um 727, em uma floresta, na Bolívia, só teve sucesso graças a uma combinação quase impossível de fatores. No último fim de semana, depois de uma forte tempestade, a aeronave, com mais de 150 pessoas, foi obrigada a desviar a rota original. 

De repente os motores pararam de funcionar por falta de combustível. O avião praticamente mergulhou de barriga em um pântano, as asas ficaram partidas, mas a fuselagem não sofreu grandes danos: todos à bordo sobreviveram. 

O especialista Jean Franco Betting ressalta que com o tanque vazio o risco de falha na aterrisagem forçada foi reduzido. O especialista em aviação acrescenta que o terreno pantanoso também ajudou a amortecer o impacto da aeronave. Jean Franco Betting considera estranha a falta de combustível, apesar de ter sido um fator que evitou uma tragédia na Bolívia. Jean Franco Betting destaca que em aviação os acidentes ocorrem sempre por uma soma de fatores e nunca por apenas uma razão. 

Fonte: Jovem Pam

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia