Porto Velho (RO) quinta-feira, 11 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Portugueses querem aproximação com o Brasil


Gilberto Costa
Agência Brasil/EBC

Lisboa – A presidenta Dilma Rousseff chegou no começo da manhã (7h40, horário local) de hoje (9) à capital portuguesa, em visita oficial. Dilma deixou Brasília ontem (8) à noite, após transmitir o cargo ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), uma vez que o vice-presidente Michel Temer também está em viagem internacional desde quarta-feira (5). Temer segue hoje de Farnborough, na Inglaterra, para Paris.

Ao chegar a Lisboa, Dilma não fez declarações à imprensa. Ela só terá agenda oficial a partir de amanhã (10), às 17h, quando se encontrará com o presidente de Portugal, Cavaco Silva. Do Palácio de Belém, sede da Presidência de Portugal, Dilma seguirá para a residência oficial do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, no Palacete de São Bento. Mais tarde, participará da cerimônia de entrega do Prêmio Camões de Literatura ao escritor moçambicano Mia Couto e jantará no Palácio Nacional de Queluz antes de embarcar de volta ao Brasil.

Formam a comitiva presidencial os ministros Antonio Patriota, das Relações Exteriores, Fernando Pimentel, doDesenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Aloizio Mercadante, da Educação, e Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social, além do assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, que já estava em Lisboa acompanhando os eventos de encerramento do Ano do Brasil em Portugal, junta-se hoje à comitiva. Neste domingo, a ministra irá ao Espaço Brasil, no bairro de Alcântara, para ver a exposição da artista plástica Lygia Clark e assistir ao show de Ed Motta e convidados. O encerramento oficial do Ano do Brasil será amanhã (10), com show de Maria Bethânia.

Além do incremento na áreal cultural, o empresariado português espera que o encontro dos dois governantes renda maior aproximação econômica. O presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, António Bustorff, disse à Agência Brasil que há oportunidades de parceria para as empresas brasileiras e portuguesas em toda a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Segundo ele, o Brasil e Portugal deveriam aproveitar as plataformas recíprocas para distribuição de produtos na América Latina e no Sul da Europa.

Apesar do potencial de negócios, “os portugueses sentem-se um pouco abandonados pelos brasileiros”, ressaltou Bustorff, ao lembrar que o encontro oficial dos dois governantes deveria ter ocorrido em setembro do ano passado, em reunião de cúpula. “Esta viagem compensa a falha da cimeira não realizada no ano passado”, disse Bustorff.

De acordo com órgãos da imprensa portuguesa, estará em pauta na visita de Dilma Rousseff a participação do Brasil no programa de privatização de companhias estatais portuguesas, em setores como água, correios, portos e aviação. Conforme o presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, os portugueses têm interesse na compra da companhia aérea TAP por empresa sul-americana por causa das rotas entre Portugal e o Atlântico Sul. Hoje Lisboa é a principal porta de entrada de brasileiros na Europa.

Também poderá ser tratada a suspensão do edital para vinda de estudantes brasileiros a Portugal pelo Programa Ciência sem Fronteiras e a permissão de trabalho para médicos e engenheiros portugueses no Brasil.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe