Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Peru compra helicópteros para o combate ao narcotráfico



Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília - O governo da Rússia anunciou hoje (3) a venda de dois helicópteros de ataque e seis de transporte à Força Aérea do Peru. Os helicópteros serão usados em operações militares contra o tráfico de droga e terrorismo. A compra foi confirmada pelo ministro da Defesa do Peru, Jaime Thorne. A expectativa é que até o final do ano todos os helicópteros cheguem ao Peru.

O Peru, a Bolívia e a Colômbia são países utilizados como produtores e corredores para a produção de droga, principalmente cocaína. Os governos dos presidentes do Peru, Alan García, e da Colômbia, Juan Manuel Santos, intensificaram os combates ao narcotráfico.

Segundo Thorne, em julho de 2010, o governo peruano negociou com a empresa estatal russa exportadora de armas, a Rosoboronexport, o acordo para a compra os helicópteros. Os helicópteros de transporte são do tipo Mi-171Sh Hip e os de ataque Mi-35P Hind.

O ministrou afirmou que o Peru “espera cumprir o contrato com a Federação Russa no final do ano e receber os restantes três helicópteros”. Segundo ele, em abril, foram entregues dois dos helicópteros de ataque e entre maio e dezembro serão enviados os demais.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia