Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Papa preside missa na 'Epifania do Senhor'


Cidade do Vaticano (RV) - Bento XVI irá celebrar na manhã desta sexta-feira, 6 de janeiro, a santa missa na Basílica Vaticana, na solenidade da Epifania do Senhor. Durante a celebração o Papa ordenará bispo dois prelados: Mons. Charles John Brown, novo núncio apostólico na Irlanda; e Mons. Marek Solczynski, novo núncio apostólico na Geórgia e Armênia.

A Rádio Vaticano estará transmitindo a santa missa ao vivo, via satélite, para todo o Brasil e demais países de língua portuguesa cujas emissoras nos retransmitem, a partir das 6h20 (do horário brasileiro de verão).

Sobre a importância da solenidade da Epifania – manifestação do Senhor a todos os povos – a Rádio Vaticano pediu um comentário ao Prior-Geral da Ordem dos Agostinianos Descalços, Pe. Gabriele Ferlisi. Eis o que disse:

Pe. Gabriele Ferlisi:- "A Epifania tem um lugar de relevo no ciclo do ano litúrgico. De fato, se o Natal pode ser considerado como uma primeira Epifania de Jesus, Deus que se manifesta no seio do povo da Israel – os pastores acorrem a Ele –, esta festa da Epifania, que se celebra em 6 de janeiro, é a revelação da divindade de Cristo reconhecida pelos povos pagãos, simbolizados por estes homens sapientes do Oriente Médio. Portanto, tem uma importância particular porque o Senhor Jesus não veio somente para o povo de Israel, mas veio para toda a humanidade e, então, todos os homens e todos os povos reconhecem naquele menino o Filho de Deus. Efetivamente, os presentes que os Magos oferecem são simbólicos: ouro, incenso e mirra. O ouro para indicar a senhoria de Jesus, o incenso para indicar a sua divindade, e a mirra para indicar a sua humanidade: o verbo se fez carne."

RV: Como podemos ver, hoje, a solenidade da Epifania do Senhor?

Pe. Gabriele Ferlisi:- "É preciso olhar um pouco mais com olhos da fé. Nós devemos ser verdadeiramente como os Magos. Existe um pensamento muito bonito de Santo Agostinho, num discurso sobre a Epifania. O grande Padre da Igreja explica que os Magos vieram e o procuraram dizendo: "onde está o Rei dos Judeus que nasceu? Vimos a sua estrela no Oriente e vimos adorá-lo". O comentário de Agostinho se expressa em quatro verbos: "Anunciam e perguntam, acreditam e buscam". Como que para simbolizar aqueles que caminham na fé e desejam a visão. Devemos verdadeiramente recuperar a dimensão um pouco mais espiritual da vida e mesmo em Jesus não ver somente a dimensão humana, o homem mais excelente, mais sábio, e o Evangelho entendido somente em dimensão sociológica. Talvez, hoje, fosse necessário recuperar uma dimensão profunda da fé, porque está sendo perdida. Conseguir ver a divindade de Cristo e que o Senhor continua a manifestar-se. Aquela estrela que os Magos seguiram até Belém continua no tempo iluminando todos os eventos da vida, e bem lidos nos levam a ver a ação de Deus no mundo." (RL)

Fonte: Rádio Vaticano
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe