Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Papa e líder islâmico conversam sobre rejeição ao terrorismo



Da Agência Lusa

O papa Francisco reuniu-se hoje (23) na Cidade do Vaticano com Ahmed Al Tayeb, o imã da Universidade Islâmica do Cairo Al Azhar, para tratar do compromisso das autoridades e dos fiéis das grandes religiões com a “rejeição à violência e ao terrorismo”.

Francisco saudou com um abraço o imã do centro sunita e considerou que “o encontro é a mensagem”, após vários anos de interrupção de relações.

Em comunicado, o Vaticano referiu-se a uma reunião “muito cordial”, de 30 minutos, na qual os dois líderes destacaram o “grande significado deste novo encontro no marco do diálogo entre a Igreja Católica e o Islã”.

O compromisso das autoridades e dos fiéis das grandes religiões para conseguir a paz no mundo, rejeitar a violência e o terrorismo, a situação dos cristãos no contexto dos conflitos e tensões no Oriente Médio e a sua proteção foram outros temas abordados.

O encontro de hoje é um novo gesto histórico no pontificado de Francisco, pelo fato de Al Azhar, centro islâmico de referência para os sunitas, ter decidido suspender o diálogo com o Vaticano em 2011.

As relações foram interrompidas em protesto pelas declarações do papa Bento XVI sobre a necessidade de proteger os cristãos do Egito e Oriente Médio, feitas após o ataque à catedral copta em Alexandria. As relações com o Vaticano já eram difíceis depois do discurso de Ratzinger sobre o Islã, em 2006, na Universidade de Ratisbona.

Al Azhar é o centro de estudos e jurisprudência islâmico de referência para os sunitas. Até a sua sede egípcia chegam muitos muçulmanos de todo o mundo para estudar o Corão e os ensinamentos do profeta Maomé.

Em fevereiro, representantes da Santa Sé visitaram a instituição, a mais prestigiada do Islã sunita, para convidar o grande imã a encontrar-se com o papa Francisco no Vaticano.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia