Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

ONU pede que Líbia cumpra novo cessar-fogo



Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília – O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse que espera que a Líbia cumpra a promessa de um novo cessar-fogo anunciado hoje (20). “Espero sinceramente e apelo às autoridades líbias que mantenham a sua promessa”, disse em uma coletiva de imprensa.

Ao fazer o anúncio, o presidente Muammar Khadafi disse que a medida é uma resposta ao apelo da União Africana para uma “cessação imediata das hostilidades”. Pouco antes, a defesa antiaérea líbia entrou em ação em Trípoli com vários disparos, segundo relatos de jornalistas estrangeiros na capital da Líbia, indicando que estava ocorrendo um novo ataque das forças de coalizão.

Jornalistas que estão na capital relataram ter ouvido fortes estrondos e visto traços de fogo no céu perto da residência de Muammar Khadafi. A coalizão, liderada pelos Estados Unidos, pela França e pelo Reino Unido, entrou em ação ontem (19), com ataques aéreos e pelo mar contra alvos militares estratégicos na Líbia. O objetivo é frear a repressão do regime de Khadafi aos oposicionistas.

A intervenção está legitimada por uma resolução aprovada na quinta-feira (17) pelo Conselho de Segurança da Organização da ONU para que seja estabelecida uma zona de exclusão aérea. Ela permite o uso de todos os meios, exceto uma invasão terrestre, para proteger os civis líbios dos ataques das forças do regime de Khadafi.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia