Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

ONU: 1 milhão de sírios precisam de ajuda


Thais Leitão
Agência Brasil

Rio de Janeiro - A subsecretária-geral de Assuntos Humanitários da Organização das Nações Unidas (ONU), Valerie Amos, disse hoje (3) que cerca de 1 milhão de pessoas na Síria precisam de ajuda. A estimativa foi feita com base em avaliações negociadas com as autoridades locais, que permitiram que representantes das Nações Unidas e do Crescente Vermelho tivessem acesso a determinadas cidades.

“Fizemos ao governo da Síria algumas propostas de acesso a populações atingidas que não foram aceitas. As autoridades permitiram, no entanto, que as Nações Unidas e o Crescente Vermelho tivessem acesso para avaliar algumas cidades, inlcuindo Homs. As avaliações acabaram na semana passada e concluímos que 1 milhão de pessoas precisam de ajuda”, disse ela, no Rio de Janeiro.

Segundo Amos, as principais necessidades estão relacionadas ao acesso a tratamento médico, remédios, alimentos e apoio psicológico, especialmente para as crianças, muito abaladas por causa dos conflitos. Para ela, o maior desafio das Nações Unidas, neste momento na região, é negociar com o governo sírio a retirada de obstáculos à entrada de ajuda internacional para garantir assistência à população.

A subsecretária-geral da ONU relatou que, quando esteve na Síria, há três semanas, encontrou regiões “completamente destruídas”, como o bairro de Baba Amr, em Homs, fortemente atingido pela ação das forças do governo contra insurgentes nos últimos dias.

“O que eu encontrei lá foi um lugar extremamente quieto, com o comércio fechado e as ruas vazias. Baba Ama está completamente destruído, nenhuma construção está intacta e poucas famílias voltaram para tentar recuperar alguns pertences”, contou. “Há cerca de 10 mil voluntários do Crescente Vermelho na Síria, mas o acesso às populações ainda é o grande problema”, acrescentou.

Valerie Amos faz uma visita de dois dias ao Brasil. Ontem (2), em Brasília, se encontrou com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota; o ministro da Defesa, Celso Amorim; e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, para discutir mecanismos de fortalecimento da relação com o Brasil para os temas humanitários. Hoje, no Rio de Janeiro, ela se encontra com o prefeito Eduardo Paes e com representantes do setor privado e de organizações não governamentais para discutir temas humanitários.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe