Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Obama convida Lula para encontro na capital americana em março



Carolina Pimentel
Agência Brasil


Brasília - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, convidou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para um encontro em Washington, no mês de março, e disse que já orientou sua equipe econômica para conversar com o Brasil sobre posições na próxima reunião do G20", marcada para abril, em Londres. O porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, informou que a reunião foi acertada no fim da tarde de hoje (26), em telefonema de Obama a Lula.

Em março, o presidente brasileiro irá a Nova York para um seminário com investidores estrangeiros e se encontrará com Obama em Washington. Lula também convidou Obama para visitar o Brasil.


De acordo com o porta-voz, na conversa com Obma, Lula elencou os assuntos prioritários do governo brasileiro com os Estados Unidos: paz mundial, mudanças climáticas, biocombustíveis, G20 (grupo das 20 maiores economias mundiais) e relações com a América Latina e África.

Obama não citou temas, mas disse que quer estabelecer parceria com o Brasil para a paz na região. Lula também não mencionou sua posição pelo fim do embargo norte-americano a Cuba, disse o porta-voz. Segundo ele, depois do telefonema, que durou cerca de 25 minutos, Lula disse que a eleição do democrata influenciará de forma positiva a imagem que o mundo tem dos norte-americanos.

Baumbach acrescentou que o presidente Lula também mencionou trecho do discurso de Obama sobre a necessidade de cuidar dos mais pobres.  "Ele [Obama] assegurou que deseja trabalhar em coordenação com o presidente Lula para reforçar a paz e a estabilidade no continente e para fortalecer as relações econômicas entre os dois países."

"O presidente Obama informou que já instruiu sua equipe econômica no sentido de coordenar-se com o Brasil para aproximar posições para a próxima cúpula do G20. No que diz respeito aos biocombustíveis, reconheceu que o trabalho com o Brasil tem sido muito relevante para os Estados Unidos, que têm muitos a se beneficiar com a cooperação com o Brasil", afirmou Baumbach.

De acordo com o porta-voz, Obama demonstrou interesse em avançar com as negociações da Rodada Doha "dada a importância do comércio mundial para o enfrentamento da atual crise econômica internacional".

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, conversarão ainda hoje para discutir os detalhes da visita e a agenda de encontros.


 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe