Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Novos tsunamis podem ocorrer no Japão



Da BBC Brasil

Agência Brasil, Brasília – A Agência Nacional Meteorológica do Japão informou hoje (11) que o país pode ser atingido por novos tsunamis. O alerta foi acionado horas depois do terremoto de 8,9 graus na escala Richter que provocou um enorme tsunami, deixando um cenário de destruição. A tragédia provocou a morte de 39 pessoas e deixou ao menos 40 desaparecidas.

O porta-voz da Agência Nacional Meteorológica do Japão, Hirofumi Yokoyama, fez a advertência sobre o risco de novos tsunamis no país. ''Mais tsunamis estão sendo aguardados. Portanto, nas áreas em que foram dados o alerta de tsunami, por favor permaneçam vigilantes'', afirmou Yokoyama.

Segundo o porta-voz, as pessoas que foram retiradas do Leste do país e não devem tentar voltar para os locais em que residiam. ''Por favor, permaneçam nos locais para onde foram deslocados e para áreas onde os tsunamis ainda não chegaram. Existe uma grande probabilidade de que grandes tsunamis possam ocorrer, portanto tenham cuidado'', acrescentou.

Por volta das 15h (horário local) desta sexta-feira, o país foi atingido por um terremoto de 8,9 graus de magnitude na escala Richter, conforme medição da Agência Meteorológica do Japão, que revisou a magnitude divulgada anteriormente, de 8,4 graus.

O epicentro do terremoto foi na costa próxima à província de Miyagi, a 373 quilômetros da capital, Tóquio. Logo após o terremoto, a agência meteorológica do país emitiu alerta de tsunami para ondas de até 10 metros em toda a costa do Pacífico.


 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia