Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Na Europa, bolsas abrem em baixa e indicam desconfiança



Da Agência Lusa

Agência Brasil, Brasília - As bolsas europeias abriram hoje (17) com tendência de desvalorização. A tendência ocorre depois que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, anunciaram propostas de criação de regras comuns para a zona do euro e a instauração de uma taxa sobre as transações financeiras da região.

Na Alemanha, o índice Dax, da Bolsa de Frankfurt, abriu o dia hoje registrando queda de 1,41%o, enquanto a Bolsa de Paris, o CAC-40, iniciou esta quarta-feira com perda de 0,58%, mostrando que os investidores não ficaram convencidos com as medidas anunciadas ontem pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

A mesma tendência foi registrada em toda a Europa, com o Footsie-100, da Bolsa de Londres, que indicou desvalorização de 0,78%, o Ibex-35, da Bolsa de Madri, que perdeu 0,82%, a Bolsa de Lisboa, que registrou queda de 0,64%, e o SMI suíço, que caiu 0,91%.

Merkel e Sarkozy se reuniram ontem em Paris, na tentativa de acalmar os mercados depois de mais de uma semana de quedas abruptas nas bolsas. Segundo eles, é indispensável fortalecer as economias por meio da criação de um governo econômico da zona do euro e da imposição de limites à dívida dos países que usam a moeda única (o euro).

A chanceler alemã destacou a necessidade de ampliar a integração na zona do euro e impor mais rigor nos gastos públicos como forma de restaurar a confiança do mercado.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia