Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Na Argentina, um telefone celular é vendido a cada dois minutos na Copa


Da Agência Télam

Na Argentina, a necessidade de assistir ao vivo o que acontece na Copa do Mundo gerou uma procura disparada por celulares e televisores nos dias que antecederam o Mundial. Um telefone celular foi vendido, em média, a cada dois minutos durante a Copa, conforme a plataforma de comércio eletrônico MercadoLivre.

A plataforma detalha que 82% dos telefones vendidos contam com o sistema operacional Android, 13%, com o IOs (Apple), 3%, Windows Phone e 2% usam outros sistemas.

As vendas dos produtos tecnológicos teve uma disparada nos dias prévios ao começo da Copa do Mundo e cresceu à medida que a seleção argentina avançou na competição.

A televisão também continua sendo um produto buscado para acompanhar o espetáculo esportivo. Um televisor é vendido a cada cinco minutos, em média, durante o Mundial.

Outro dispositivo móvel que entrou nas preferências dos argentinos é a tablet. No MercadoLivre, é vendido uma tablet a cada 15 telefones.

Agência Brasil

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia