Porto Velho (RO) terça-feira, 31 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Mudanças climáticas provocarão falta de água e desnutrição


Monique Maia e Roberta Lopes  - Agência Brasil

A escassez de água provocada pelo aquecimento global vai afetar os cultivos agrícolas e a segurança alimentar das populações mais pobres do mundo a partir de 2020. A previsão consta da segunda parte do relatório Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês) das Nações Unidas (ONU), divulgado em Bruxelas.

De acordo com o estudo, a África está entre os continentes mais vulneráveis do mundo. Segundo as previsões dos cientistas, haverá falta de água nessa região, o que vai afetar entre 75 e 250 milhões de pessoas. Na Ásia, que também será atingida pela escassez de água, esse número sobe para 1 bilhão. A diminuição dos recursos hídricos também deve provocar problemas de irrigação nas lavouras e, conseqüentemente, redução na produção de alimentos.

Ainda segundo o relatório, o derretimento das geleiras de montanhas como o Himalaia vai provocar o aumento de inundações e enchentes, provocando grande número de mortes por doenças, como a cólera, em vários países da Ásia.

Austrália e Nova Zelândia terão perda de biodiversidade. Isto também deve acontecer nas regiões polares.

O relatório destaca migrações de pássaros, mamíferos e de grandes predadores. No caso do Ártico, também haverá diminuição na extensão do mar de gelo e erosões nas áreas costeiras. As comunidades tradicionais, como os esquimós, também serão prejudicadas com o aquecimento global que trará alterações no seu “estilo de vida”.

O estudo aponta ainda que as pequenas ilhas localizadas nos trópicos e nas extremidades do planeta também serão afetadas pelas mudanças climáticas e pelo aumento do nível do mar. Os principais impactos são inundações, tempestades e erosões. Esses fenômenos devem trazer problemas para alguns setores econômicos e turísticos. O relatório destaca que as populações das ilhas do Caribe e Pacífico devem sofrer com a falta de água e com longos períodos de seca.

Europa e América do Norte enfrentarão altas temperaturas e aumento da frequência de queimadas, provocando problemas de saúde na população.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia