Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales recua, negocia com indígenas e encerra protestos


Renata Giraldi*
Agência Brasil


Brasília – Depois de intensos embates entre governo e indígenas na Bolívia, um acordo foi fechado hoje (24) encerrando um impasse de mais de dois meses. Para obter o consenso, o presidente boliviano, Evo Morales, aceitou negociar 16 pontos exigidos pelos líderes do movimento, inclusive a suspensão da construção de uma estrada que cortaria uma das maiores reservas indígenas do país.

Pela segunda vez, em menos de um ano, Morales mudou decisões de governo para atender às demadas sociais. Na outra ocasião, houve uma série de protestos contra o aumento do preço da gasolina e, consequentemente, das tarifas relacionadas ao combustível.

Por 65 dias, os indígenas marcharam de várias regiões da Bolívia até La Paz, uma das capitais do país. O ministro da Comunicação da Bolívia, Ivan Canelas, confirmou hoje o avanço nas negociações. "Ficou demonstrado que o diálogo é sempre a melhor maneira de resolver todos os problemas", disse Canelas. "O diálogo tem sido muito amigável e o debate, frutífero. Aprendemos muito com os nossos irmãos indígenas e acho que eles também foram capazes de descobrir o que é a administração do Estado."

Porém, Canelas avisou que outras reuniões ocorrerão para “aperfeiçoar alguns detalhes”. A principal reivindicação dos indígenas é a suspensão da construção da estrada de Villa Tunari-San Ignacio de Moxos. Segundo eles, a estrada representa uma invasão na Reserva de Isiboro Secure.

Os protestos dos indígenas ocorreram no momento em que o governo havia acabado de promover eleições para a escolha de magistrados de tribunais superiores. Na votação, houve um elevado número de abstenções que, segundo analistas políticos, demonstrou a indignação dos eleitores com o processo.

*Com informações da ABI, a agência pública de notícias da Bolívia

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe