Porto Velho (RO) domingo, 28 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales diz que Bolívia vai impor lei a empresas sem contrato


Agência O Globo LA PAZ (Reuters) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse na sexta-feira que o país não recuará diante das petrolíferas estrangeiras com as quais não foram assinados novos contratos sob o marco da nacionalização do setor de energia do país, decretada em maio. - Às outras empresas com as quais estamos em negociação, quero lhes dizer que, apesar de sermos um país pequeno, subdesenvolvido, as empresas têm que respeitar nossas normas, nossas leis, vamos fazê-las respeitar - disse Morales no ato em que a francesa Total e a norte-americana Vintage assinaram seus respectivos novos contratos. O prazo para assinatura de novos acordos do setor de petróleo vence no sábado e ainda há negociações pendentes com gigantes como a Petrobras, a espanhola Repsol-YPF e a britânica British Gas. O decreto de nacionalização dispõe que as empresas que não assinarem novos contratos neste prazo deverão sair do país, deixando seus ativos nas mãos da estatal boliviana YPFB.

Mais Sobre Mundo - Internacional

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram

Autoridades na Grécia fecham único centro de COVID-19 para refugiados

Autoridades na Grécia fecham único centro de COVID-19 para refugiados

Um centro da organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) montado na ilha grega de Lesbos para tratar em isolamento pessoas com COVID-19 foi