Porto Velho (RO) sábado, 21 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales diz que Bolívia vai impor lei a empresas sem contrato


Agência O GloboLA PAZ (Reuters) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse na sexta-feira que o país não recuará diante das petrolíferas estrangeiras com as quais não foram assinados novos contratos sob o marco da nacionalização do setor de energia do país, decretada em maio.- Às outras empresas com as quais estamos em negociação, quero lhes dizer que, apesar de sermos um país pequeno, subdesenvolvido, as empresas têm que respeitar nossas normas, nossas leis, vamos fazê-las respeitar - disse Morales no ato em que a francesa Total e a norte-americana Vintage assinaram seus respectivos novos contratos.O prazo para assinatura de novos acordos do setor de petróleo vence no sábado e ainda há negociações pendentes com gigantes como a Petrobras, a espanhola Repsol-YPF e a britânica British Gas.O decreto de nacionalização dispõe que as empresas que não assinarem novos contratos neste prazo deverão sair do país, deixando seus ativos nas mãos da estatal boliviana YPFB.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Clarín chileno: EUA manejam Lava Jato para destruir Brasil e América Latina

Clarín chileno: EUA manejam Lava Jato para destruir Brasil e América Latina

A influência do governo americano sobre o poder judiciário da América Latina vai ficando cada vez mais evidente. O DOJ (Departamento de Justiça americ

Papa convida a continuar o diálogo na Nicarágua

Papa convida a continuar o diálogo na Nicarágua

O Papa Francisco convida a prosseguir o diálogo, após as agressões sofridas por três bispos na última segunda-feira. O país é palco de greves e manife

Trump aconselhou May a processar UE em vez de negociar

Trump aconselhou May a processar UE em vez de negociar

Primeira-ministra revelou conversa em entrevista à BBC

Disputa comercial entre China e EUA pode beneficiar soja brasileira

Disputa comercial entre China e EUA pode beneficiar soja brasileira

Serão necessários investimentos para ampliar exportações