Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales convoca opositores para iniciar processo de mudança na Bolívia


 
Luiz Antônio Alves
Agência Brasil

Brasília - O presidente da Bolívia, Evo Morales, convocou seus opositores, que ganharam espaço politico nas eleições realizadas ontem (4), para o início de um processo de mudança no país, deixando de lado a confrontação para levar adiante cinco anos de gestão produtiva.

Segundo a Agência Boliviana de Informação (ABI), o governo de Evo Morales está disposto a coordenar trabalho integrado com as frentes oposicionistas que conquistaram governos estaduais e prefeituras importantes, desde que o benefício da população esteja acima dos interesses políticos e pessoais.

Morales disse que a oposição - usando movimentos cívicos e poderes econômico e político nos estados de Santa Cruz, Beni, Pando e Tarija - tentou nos últimos quatro anos frear o processo de mudança na Bolívia, sem entender que estava prejudicando essas regiões. Os estados mencionados pelo presidente boliviano são conhecidos como meia-lua devido à sua conformação geográfica.

Em La Paz, o provável prefeito da capital boliviana, Luis Revilla, do partido oposicionista Movimento Sem Medo (MSN), fez um discurso seguindo a mesma linha de conciliação proposta por Morales.

“É necessário”, disse, “que as autoridades estaduais e municipais agora eleitas ou reeleitas coordenem com o Executivo os projetos de desenvolvimento para todas as regiões da Bolívia, deixando de lado as diferenças ideológicas”.

“Todas as autoridades”, disse Revilla, “começando pelo presidente, têm a responsabilidade de coordenar e impulsionar projetos que beneficiem a população. Esta é uma relação estritamente constitucional que somos obrigados a seguir desde o momento em que somos eleitos”.

Os números oficiais das eleições de ontem na Bolívia, mostrando o novo mapa político do país, somente serão divulgados dentro de 15 dias.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia