Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Militares da Colômbia matam um dos líderes da guerrilha


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – Militares da Colômbia informaram ter capturado e matado um dos líderes do movimento denominado Exército de Libertação Nacional (ELN). Conhecido como Victor, o líder é acusado de ter assassinado sete soldados e quatro policiais na região de Antioquia, no Noroeste do país, no período de 2007 a 2012. A morte do líder ocorre em meio às negociações entre as autoridades colombianas, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o ELN em busca de um acordo de paz.

Em comunicado, o Exército colombiano diz que o líder guerrilheiro morreu no município de Amalfi. Victor era o chefe da frente denominada Capitão Maurício. Segundo investigações, ele era especialista em explosivos. Victor é acusado ainda de ter liderado uma emboscada a uma patrulha em que morreram quatro policiais em Segovia, em julho de 2012.

Pelas investigações do Exército, Victor também é responsável por sequestros, entre os quais o de um engenheiro fiscal. O Exército informou que as operações para combater os grupos armados ilegais seguem as ordens do presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia