Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Lula dá declaração de apoio a Morales, que passa por pior crise


Eliane Oliveira, Agência O Globo COCHABAMBA (Bolívia) - Ao chegar a Cochabamba para a cúpula de chefes de Estado da Comunidade Sul-Americana de Nações (Casa), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu uma declaração de apoio ao presidente boliviano, Evo Morales, que passa pela pior crise desde que assumiu o poder, no início deste ano. Lula disse que não queria dar palpite sobre problemas internos, mas afirmou que a chegada de Morales ao poder foi uma vitória da democracia. - Todo mundo sabe o que eu penso da vitória de Evo Morales. Todo mundo sabe o significado que a vitória de Evo Morales tem para o mundo e para os amantes da democracia - disse. Lula enfatizou que todos têm problemas internos e observou que seu governo também teve, assim como Néstor Kirchner, na Argentina, e Hugo Chávez, na Venezuela. - Eu tive muitos problemas internos, Evo Morales tem problemas internos, Kirchner também tem problemas internos, Chavez teve. Os problemas internos são resolvidos internamente.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Portugueses Apostaram cerca de 1 Bilhão de Euros em Cassinos Online no 1º trimestre de 2020

Portugueses Apostaram cerca de 1 Bilhão de Euros em Cassinos Online no 1º trimestre de 2020

Os portugueses chegaram a marca de 1 bilhão de euros em apostas em cassinos online nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020, segundo informaç

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a