Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Lula chega a Buenos Aires para se reunir com Kirchner


Agência O Globo BUENOS AIRES - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já chegou a Buenos Aires, onde vai se reunir nesta sexta-feira com seu colega argentino, Néstor Kirchner, numa breve visita oficial. Depois de passar pelo Chile, Lula chegou ao aeroporto Jorge Newbery acompanhado, entre outros, pelo chanceler, Celso Amorim, e pelo assessor presidencial para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia. Nesta sexta-feira, na reunião de trabalho, os presidentes deverão abordar todos os assuntos de interesse comum, segundo fontes diplomáticas brasileiras e argentinas. Mas Lula afirmou que sua agenda com Kirchner é "fundamentalmente política". Entre os assuntos a tratar estão a criação do Banco do Sul, defendido por Venezuela e Argentina. O Brasil apresenta algumas objeções à idéia. Também está na pauta o projeto do Gasoduto do Sul, que sairia do território venezuelano rumo à Argentina, passando pelo Brasil. Lula vê com bons olhos o projeto. Outros temas serão o comércio bilateral e a situação do Mercosul.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia