Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Japão: Empresa confirma vazamento de plutônio



Da Agência Lusa

Brasília - A empresa Tokyo Electric Power (Tepco), que administra a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Japão, informou hoje (28) que testes feitos em cinco locais distintos da central identificaram a presença de plutônio. Para a Tepco, o material deve ser proveniente do combustível que vazou de um dos reatores danificados em decorrência do terremoto seguido pelo tsunami, no último dia 11.

Também foram identificados níveis elevados de radiação nos túneis que passam sob os edifícios dos reatores 1, 2 e 3. A Agência Internacional da Energia Atómica (Aiea) – que é vinculada à Organização das Nações Unidas - anunciou hoje que vai convocar uma conferência de alto nível sobre procedimentos de segurança em usinas nucleares em todo o mundo, depois do ocorrido em Fukushima.

O diretor da Aiea, Yukia Amano, afirmou que a reunião deve ocorrer na segunda quinzena de julho. De acordo com ele, a conferência vai se concentrar na avaliação da situação no Japão e nas lições que devem ser tiradas para melhorar a resposta internacional a esse tipo de acidentes.

A Usina Nuclear de Fukushima Daiichi sofreu danos que levaram a explosões e vazamentos de radiação em quatro dos seis reatores. Amano disse que, além de peritos em energia nuclear, 151 membros da Aiea deverão participar da conferência em julho para a exigir mais empenho político dos governos.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia