Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Irã anuncia retaliação a navios dos Estados Unidos que estão no Golfo Pérsico


 
Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – O governo do Irã prepara uma ofensiva aos Estados Unidos por terem liderado as sanções ao país no Conselho de Segurança das Nações Unidas e também por meio do Departamento do Tesouro. Em resposta às resoluções, o Irã pretende retaliar os navios de carga que estão sob inspeção na região do Golfo Pérsico. As informações são da agência oficial de notícias do Irã, Irna, e também da televisão estatal, PressTV.

A decisão foi anunciada pelo chefe da Comissão de Segurança Nacional e Política Externa do Irã, Majlis Alaeddin Boroujerdi. Depois de uma reunião com o comandante da Marinha iraniana, almirante Habibollah Sayyari, Boroujerdi anunciou a medida.

“Nossas forças navais vão responder da mesma forma [aos Estados Unidos], se os nossos cargueiros forem inspecionados [conforme as regras impostas nas sanções aprovadas recentemente]", disse Boroujerdi, depois da reunião com Sayyari.

De acordo com a Irna, Boroujerdi afirmou que a inspeção dos navios de carga, conforme as resoluções aprovadas, é medida que atenta à soberania do Irã. Segundo ele, a presença de grandes potências no Golfo Pérsico e no Mar de Omã é uma demonstração de arrogância. “A presença de forças estrangeiras em nossos mares está fora de questão e não vamos permitir que potências arrogantes enfraqueçam a soberania da República Islâmica", disse Boroujerdi.

Desde o último dia 9, várias sanções ao Irã são aprovadas – por meio das Nações Unidas, dos Estados Unidos e da União Europeia. Algumas delas atingem diretamente a frota iraniana pois autorizam parar as operações dos navios de carga do Irã como punição à decisão do presidente Mahmoud Ahmadinejad de dar continuidade ao programa nuclear.

Ahmadinejad e interlocutores negam a fabricação de armas atômicas. Ontem (21) o governo iraniano proibiu a entrada de dois inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea). Segundo as autoridades do Irã, os especialistas elaboraram um falso relatório sobre o programa nuclear. As autoridades iranianas afirmaram que vão autorizar as inspeções nas usinas nucleares do país desde que sejam trocados os inspetores.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe