Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Integrantes das Farc atacam campo petrolífero



Renata Giraldi*
 Agência Brasil

Brasília – Integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) atacaram um campo de petróleo da empresa Alange Energy Corp, na região da fronteira do território colombiano com o venezuelano. Foi o terceiro ataque em menos de uma semana. Por enquanto, não há informações sobre vítimas. Militares do Exército verificam os danos materiais.

De acordo com relatos preliminares, os integrantes das Farc explodiram um dos locais de extração de petróleo. Em seguida, os guerrilheiros atearam fogo a um tanque de armazenamento no qual estavam 400 barris de petróleo.

O chefe da segurança na região, o general Pedro Soto, disse que o ataque ocorreu nas últimas horas, e foi mais intenso em uma fazenda próxima à cidade de Tibu, na fronteira com a Venezuela. No local, houve um incêndio que teve de ser controlado pelos militares.

Segundo o oficial, na semana passada houve dois ataques no departamento (estado) de Caquetá. De acordo com Soto, um trabalhador foi morto e cinco civis ficaram feridos.

Ontem (7) ao comemorar um ano de governo, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou que vai investir mais em segurança e aumentar a pressão contra a ação dos guerrilheiros no país

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia