Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Imprensa E.U.A volta a criticar visita de Obama ao Brasil



Paula Laboissière e Renata Giraldi
Agência Brasil


Brasília - O segundo e último dia da visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Brasil ganhou destaque na imprensa dos Estados Unidos de forma crítica. Para os principais veículos de comunicação norte-americanos, Obama visitou o Rio de Janeiro em clima de "férias de verão", para conhecer a cultura brasileira. O jornal Washington Post avaliou que a viagem de Obama pela América do Sul está sendo ofuscada pela crise na Líbia. O veículo ressaltou que, no discurso feito no Rio de Janeiro, Obama citou a Líbia apenas uma vez, mas não comentou as operações militares no país.

A rede de notícias Fox questionou se este seria mesmo o melhor momento para o que chamou de "viagem de férias de verão" do presidente e da família dele. A rede de TV avaliou que Obama não deveria “relaxar” diante das crises na Líbia e no Japão, citando ainda a “problemática economia norte-americana”.

O jornal Los Angeles Times afirmou que o presidente dos Estados Unidos faz “malabarismos” ao tentar gerenciar, de forma simultânea, a crise na Líbia e a abertura de negócios no Brasil e em outros países da América Latina.

O diário New York Times considerou que, em meio ao segundo dia de bombardeios na Líbia após o anúncio de cessar-fogo de Muammar Khadafi, Obama tentou projetar um ar de normalidade e minimizar o papel dos Estados Unidos na crise. No sábado, a mídia norte-americana já havia classificado como "inoportuna" a visita de Obama ao Brasil. Um dos argumentos foi a abstenção do Brasil, no Conselho de Segurança das Nações Unidas, na votação da resolução que criou a zona de exclusão aérea na Líbia e permitiu o uso da força militar contra as tropas de Khadafi.

No mesmo dia, a imprensa dos Estados Unidos manifestou descontentamento também com a presidenta Dilma Rousseff, por ela ter se recusado, assim como Obama, a responder perguntas da imprensa. Os jornais elogiaram, no entanto, a franqueza da presidenta brasileira nas críticas à política americana de dólar barato, barreiras comerciais e subsídios agrícolas.

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe