Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Gov da Bósnia condena ataque a primeiro-ministro sérvio


 Da Agência Brasil*

A Presidência da Bósnia-Herzegovina condenou firmemente hoje (11) o lançamento de pedras contra o primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vucic, que teve de abandonar as cerimônias que lembraram, neste sábado, o 20º aniversário do massacre da cidade de Srebrenica.

Segundo a Agência Lusa, em comunicado, a Presidência da Bósnia "condena firmemente o ataque de hoje e lamenta profundamente" o sucedido. No texto, o governo bósnio saúda a presença de Vucic nas cerimônias que lembram o massacre de cerca de 8 mil muçulmanos, em julho de 1995, pelas forças sérvias. A presidência da Bósnia informa que abrirá investigação para identificar rapidamente os autores da violência.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Sérvia exigiu da Bósnia a "condenação pública" do ataque a Vucic. "Esperamos uma condenação pública, por parte das autoridades bósnias, da tentativa de assassinato do primeiro-ministro da Sérvia", diz a mensagem enviada ao ministério bósnio.

Vucic tinha acabado de depositar flores em frente ao monumento onde se encontram os nomes das mais de 6.200 vítimas do massacre, identificadas e enterradas no local. Uma multidão começou, então, a gritar e lançar pedras na direção do primeiro-ministro sérvio.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia