Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Giro pela América Latina é chance de nos fortalecer, diz Lula


  
Ao comentar hoje (22) o roteiro de viagem a quatro países da América Latina nos próximos dias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o giro é uma chance para fortalecer o continente. Em seu programa semanal Café com o Presidente, ele lembrou que esta será a primeira vez que a região do Caribe é incluída no roteiro.

“Fizemos a primeira reunião entre todos os países da América Latina e do Caribe na Bahia, em dezembro de 2008. Foi a primeira vez que se conseguiu reunir todos os países sem a participação dos americanos ou do Canadá”.

Para Lula é um fórum novo, que permite discutir os problemas desses países com mais desenvoltura e, ao mesmo tempo, descobrir as potencialidades de investimentos mútuos, de trocas comerciais e de entrosamento na área política e cultural.

Sobre a visita a Cuba, o presidente destacou o projeto de recuperação do Porto de Mariel como investimento prioritário. Outra medida que será apresentada pelo governo brasileiro é a recuperação da rede hoteleira no país. Segundo Lula, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, já está em Havana para consolidar acordos.

“A Petrobras vai fazer uma fábrica de óleo combustível em Havana e também está preparando os estudos para fazer o teste de prospecção para ver se achamos petróleo em Cuba. E tudo isso nós pretendemos que aconteça este ano”. 

Paula Laboissière / Agência Brasil

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia