Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Gás da Bolívia ficará 5% mais caro a partir do dia 1º


Ramona Ordoñez - Agência O GloboRIO - O gás natural importado da Bolívia pela Petrobras deverá ficar 5% mais caro a partir de 1º de outubro. A revisão do preço está prevista no contrato de compra e venda assinado pelas duas partes, que prevê reajustes trimestrais com base na cotação de uma cesta de óleos combustíveis no mercado internacional.De acordo com o diretor da Área de Gás e Energia da empresa, Ildo Sauer, o percentual ainda não está fechado e poderá variar em função de alguma alteração do mercado até o fim deste mês.A Bolívia pede ainda um reajuste extracontratual no preço do gás, que vem sendo discutido pelo governo de ambos os países, assim como por suas estatais.Nesta sexta-feira, o ministro de Minas e Energia do Brasil, Silas Rondeau, e o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, irão à La Paz para mais uma rodada de negociações. A Petrobras insiste que não vê motivos para novos aumentos de preço, além daqueles já previstos.A disputa começou assim que a Bolívia promoveu, por meio de decreto, a nacionalização das reservas de gás natural do país, em 1º de maio. Na ocasião, o governo de Evo Morales também anunciou a tomada dos ativos da Petrobras no país.A empresa brasileira, então, suspendeu todos os novos projetos previstos para a região. Nesta segunda-feira, no entanto, o ministro Silas Rondeau, acenou com a possibilidade de retomada dos investimentos.Ildo Sauer participa da Rio Oil & Gas, a maior feira do setor na América Latina.O presidente da Petrobras América, Renato Bertani, que também participou do evento, afirmou que a empresa pode ter reservas de até 1,5 bilhão de barris em três campos de águas profundas do Golfo do México.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Argentina: greve geral atinge vários setores e envolve sociedade civil

Argentina: greve geral atinge vários setores e envolve sociedade civil

É a 3ª paralisação em dois anos e meio do governo Mauricio Macri

Na próxima quinta-feira, Consistório para a criação de novos cardeais

Na próxima quinta-feira, Consistório para a criação de novos cardeais

Papa Francisco presidirá o Consistório Ordinário Público para a criação de novos cardeais e celebrará a Eucaristia da Solenidade dos Santos Apóstolos

A partir de hoje, mulheres sauditas ganham direito de dirigir

A partir de hoje, mulheres sauditas ganham direito de dirigir

Fim da proibição foi anunciada em junho pelo rei Salman bin Abdulaziz

ONU Mulheres condena assédio promovido por brasileiros na Rússia

ONU Mulheres condena assédio promovido por brasileiros na Rússia

Para a entidade, repercussão dos fatos mostra consciência do problema