Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

França deve expulsar mais de 21 mil imigrantes ilegais


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília - O governo da França deverá expulsar mais de 21 mil imigrantes ilegais até o final do ano, segundo estimativas baseadas em dados do Ministério do Interior francês. Até setembro, 18.126 imigrantes ilegais foram expulsos do país. A maior parte deles são romenos. Imigrantes da África, do Oriente Médio e da Romênia aumentaram a procura pela França nos últimos anos.

Em 2012, houve 21.841 expulsões forçadas na França. Pelos dados oficiais, os romenos representaram 18% das expulsões. No ano passado, mais de 12 mil pessoas que estavam em situação irregular no país, de acordo com especialistas, aproveitaram a ajuda de retorno humanitário (volta ao país de origem) – que era de 300 euros e passou para 30 euros no final de 2012.

Integrantes do governo, que tem como presidente François Hollande, informaram que o valor da ajuda humanitária foi reduzido para deixar de ter o efeito de incentivo de viagens de ida e volta. Os dados atualizados do governo brasileiro indicam que há 21.056 brasileiros vivendo na França. Porém, os números não englobam os ilegais.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia