Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Filho desmente rumor sobre Fidel


Familiares do ex-ditador Fi­­del Castro, 86 anos, vieram a público desmentir rumores de que o líder cubano tenha morrido, que voltaram a circular em blogs e sites desde quinta-feira.

Fidel não é visto em público desde março deste ano, quando recebeu o Papa Bento XVI em sua visita à ilha, e desde junho não publica as suas “reflexões” na imprensa de Cuba. As especulações sobre o­­ estado de saúde do ex-di­­ta­­dor aumentaram depois­­ que ele não parabenizou publi­­camente o aliado Hugo Chá­­vez pela sua reeleição na­­ Ve­­nezuela.

Em seu site, o jornalista venezuelano Nelson Bocaranda, célebre por ter dado em primeira mão a notícia do câncer de Hugo Chávez, afirmou que a morte de Fidel seria anunciada “em até 72 horas”, sem citar as fontes da informação.

O fotógrafo Alex Castro, filho de Fidel, afirmou ao si­­te do jornalista governista Arlin Alberty que seu pai “está bem, fazendo suas atividades diárias, lendo e praticando exercícios”. A fala de Alex foi reproduzida pela agência estatal de notícias e por blogueiros pró-regime.

Na noite de ontem, Juanita Castro, irmã de Fidel que vi­­ve­­ na Flórida (EUA), também­­ ne­­gou boatos de que estaria­­ indo a Cuba se encontrar com­­­­­­­­ a família. “Não tenho ne­­­­­­nhum­­­­ plano de viajar. São só ru­­mo­­res, é tudo absur­­do”, declarou.

Fonte: Gazeta do Povo com informações da Folha Press

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia