Porto Velho (RO) segunda-feira, 4 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Evo Morales vai ao Irã para ampliar parcerias com Ahmadinejad


 
Renata Giraldi

Agência Brasil,
Brasília – Depois de receber na última semana o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, o presidente do Irã, Mahmoud Amadinejad, prepara-se para recepcionar o boliviano Evo Morales. Ele deve desembarcar amanhã (24) em Teerã.

É a segunda visita do boliviano ao Irã, a primeira foi feita há dois anos. Ahmadinejad e Morales negociam uma série de ações de parceria, por um período de cinco anos, envolvendo US$ 1 bilhão.

As informações são da Agência Boliviana de Notícias (ABN), que é estatal. Os dois presidentes querem desenvolver projetos nas áreas de hidrocarbonetos, mineração, da indústria, agricultura, de infraestrutura, cultura e tecnologia

Há dois meses, ao visitar a Bolívia, o ministro da Indústria e Minas do Irã, Ali Akbar Mehrabian, disse que havia interesses do governo Ahmadinejad em desenvolver projetos na área de mineração, incluindo depósitos de urânio. A informação foi divulgada pela ministra de Planejamento da Bolívia, Viviana Caro.

A partir de setembro de 2007 foram intensificadas as relações entre a Bolívia e o Irã, quando Ahmadinejad visitou La Paz (capital boliviana). Depois, em 2009, o presidente iraniano voltou à Bolívia. Em abril deste ano, foi nomeado o embaixador da Bolívia no Irã, Jorge Miranda.

Morales vai ao Irã no momento em que o país é alvo de uma série de sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e unilateralmente por vários países. Para parte da comunidade internacional, o programa nuclear iraniano é suspeito de produzir secretamente armas atômicas. As autoridades do Irã negam as suspeitas.


 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram