Porto Velho (RO) domingo, 14 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Evo Morales sai em defesa de Lula e ataca os EUA na questão iraniana


O presidente boliviano Evo Morales saiu em defesa de seu colega Luís Inácio Lula da Silva e considerou que as autoridades dos Estados Unidos não têm autoridade moral para questionar o acordo sobre o urânio iraniano patrocinado por Brasil e Turquia.

— Quem coloca em perigo o mundo são as pessoas que levam militares a acabar com a vida em outros continentes, em outros países; o que coloca o mundo em perigo são as as bases militares dos Estados Unidos — afirmou Morales, referindo-se ao comentário da secretária de Estado americana Hillary Clinton sobre o perigo que representam as pretensões nucleares iranianas.

Por esta razão, os funcionários do "governo dos Estados Unidos não têm qualquer autoridade moral para acusar ninguém", disparou o presidente boliviano. Segundo Morales, as críticas contra seu colega brasileiro "só pode ser inveja da liderança internacional de Lula expressada pela senhora Clinton".

Bolívia e EUA mantêm suas relações diplomáticas congeladas depois que La Paz expulsou, em 2008, o embaixador Philip Goldberg, a quem acusou de ter apoiado uma suposta conspiração contra o governo.

AFP

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe